Labrador Retriever

O Labrador Retriever foi originalmente usado para ajudar os pescadores a transportar redes cheias até a costa e mais tarde encontrou o seu lugar como cão de resgate, destacando-se em recuperar aves aquáticas e material de pesca.

Os Labradores têm bocas macias, úteis para recuperar qualquer coisa, pés com membranas para natação e pelagem dupla e espessoa que o protege da temperatura da água fria.

Proprietários de Labrador devem estar cientes de que esta raça tem altos níveis de energia. Eles exigem muito exercício diário e brincam para afastar o tédio e evitar que o comportamento potencialmente destrutivo da mastigação se desenvolva.

O Labrador Retriever tem um gosto pela vida e eles gostam da companhia de outros cães e pessoas. Eles fazem animais de estimação ideais para famílias grandes e ativas que apreciam o ar livre.

Tudo Sobre o Labrador

História

Os primeiros Labradores eram geralmente cães da água que vieram dos Terra-nova, não dos Labradores. Essa raça não apenas não deu origem ao Labrador como também não foi chamada de Labrador Retriever no começo.

Os Terra-nova do começo de 1800 tinham diferentes tamanhos, sendo o menor deles, “Lesser”, ou “Cão de Saint John”, a primeira encarnação do Labrador Retriever.

Esses cães, pretos, de tamanho médio e pelo curto, não apenas buscavam caças, mas também peixes, puxando pequenos barcos de pesca nas águas geladas e ajudando os pescadores em todas as tarefas em que precisasse nadar.

A raça acabou desaparecendo, em grande parte por causa dos pesados impostos sobre cães. Porém, um grupo de Labradores foi levado à Inglaterra no começo de 1800, e foi a partir desses cães, cruzados com outros retrievers, que a raça continuou.

Foi também na Inglaterra que a raça ganhou reputação com um extraordinário buscador de caças de montanha.

Labrador Retriever temperamento

No começo, os criadores davam preferência aos Labs pretos, e sacrificavam os de cores amarela ou chocolate. No começo de 1900, as outras cores começaram a ser aceitas, embora não tanto quanto a cor preta.

A raça foi reconhecia pelo English Kennel Club em 1903, e pelo AKC em 1917. Sua popularidade cresceu sem parar. Ele se tornou a raça mais popular da América em 1991 e continua sendo até hoje.

Cores

O Labrador Retriever tem 3 tipos de cor predominantes: Preto, castanho (escuro achocolatado), e um branco com tons amarelados.

Entre os labradores de diferentes cores não existe uma diferença muito grande, apenas fica o registo que normalmente, os labradores mais claros tendem a ser um pouco mais nervosos e agitados que os restantes, por isso na hora que for escolher o seu cão, pode tomar isso em conta, apesar de não ser uma certeza absoluta, cada cão é diferente um do outro, tal e qual como as pessoas.

Temperamento

Como dito no inicio, os labradores são conhecidos como uma raça muito dócil, que normalmente não cria muitos problemas apesar de ser protetora com os seus donos. Se não sentir qualquer ameaça é como um cordeirinho.

Também são bastante brincalhões, por isso se quiser, são ótimos para jogar jogos como ir buscar a bola ou apanhar o disco.

Vale lembrar que convém ir o mantendo entretido porque é um cão que normalmente gosta muito de ter algum movimento durante o dia, e se você for um daqueles donos que deixa o seu cão trancado todos os dias e acaba por receber pouca atenção ele pode causar alguns problemas, especialmente sendo um cão de relativo grande porte como é o labrador.

Veja também mais cães de grande porte:

Labrador Retriever filhotes

Adestramento Labrador Retriever

Labradores são muito bons para se adestrar. Eles possuem um forte desejo de agradar e farão qualquer coisa por algum carinho r umas guloseimas.

Alguns proprietários acham que é um desafio porque são muito indisciplinados, mas a chave é começar com eles como filhotes e manter o treinamento interessante e divertido.

Eles adoram jogar e, se acharem que treinar é um jogo, participarão com muita seriedade.

O treinamento deve começar cedo, poi se não tiverem comandos básicos dominados desde o início, podem ser grandes demais para dominar.

Eles também se comportam como filhotes por muitos anos, então a paciência é uma necessidade absoluta com um cão desta raça. Não importa o quão obedientes eles sejam, eles simplesmente não podem evitar de começar a correr, saltar, rebolar, etc…

Saúde e Cuidados a Ter

Os labradores são um cão com um pêlo curto e denso, por isso em relação ao frio e calor, normalmente não costumam enfrentar qualquer problema.

A espetativa média de vida do Labrador Retriever é entre 10 e 14 anos.

  • Displasia do cotovelo: malformação e degeneração da articulação do cotovelo, com acompanhamento da claudicação do membro anterior;
  • Displasia da Anca : Envolve o desenvolvimento anormal e / ou degeneração da articulação coxofemoral (anca);
  • Alergias;
  • Luxação Patelar: A luxação da patela, comumente conhecida como “patada no joelho”, ocorre quando a patela é deslocada da articulação;
  • Diabetes;
  • Melanoma;
  • Entropion : A inversão, ou a virada para dentro, de toda ou parte da borda de uma pálpebra;
  • Glaucoma : Transtorno grave caracterizado por acúmulo de líquido dentro do olho;
  • Cataratas ;
  • Atrofia Progressiva da Retina;
  • Obesidade;
  • Linfoma : Câncer (neoplasia) que afeta os linfonodos e outros órgãos que contêm tecido linfóide;
  • Insulinoma;
  • Uretadores Copiculares;
  • Derivação Portossistêmica Congênita;
  • Osteocondrose;
  • Displasia generalizada e central da retina;

Como pode observar, este tipo de cachorro têm uma grande possibilidade de ter problemas de saúde, especialmente a nível ocular e nas suas articulações.

Uma das caraterísticas desta raça é a sua tendência para a obesidade. É um cão grande que come muito e isso é comum acontecer. Você tem de ter atenção ás porções de comida que lhe dá por dia e é recomendado que dê comida especifica para esta raça e siga as indicações que as acompanham.

Como é um cão que acaba por se movimentar ainda bastante apesar de ser grande, pode sofrer alguns problemas a nível de estrutura óssea, por isso é aconselhado que de vez em quando o leve ao veterinário para um check-up e ver se esta tudo bem com o seu animal de estimação.

E então, já ficou a saber mais sobre o Labrador Retriever, o seu temperamento, história, saúde, cuidados a ter, etc…?

Deixe em baixo nos comentários qualquer dúvida ou sugestão com que tenha ficado após a leitura do artigo.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *