O Que Fazer com Gato Urinando Sangue [ Tratamento ]

Se estiver com um gato urinando sangue (também chamado de hematúria) em casa saiba então que uma das razões mais comuns para isso acontecer é por ele sofrer de uma doença chamada de trato urinário inferior felino (ou DTUIF).

Quer saber mais sobre esta doença? Então continue a ler este artigo.

Gato Urinando Sangue

Esta doença consiste na inflamação da bexiga e uretra do seu gato, o qual deixa de conseguir urinar naturalmente como ele sempre fez.

Qualquer gato pode ser afetado por esta doença, mas a maioria dos gatos têm idade entre 2 e 6 anos e são do género masculino devido ao diâmetro da sua uretra ser mais reduzido.

 

gato urinando sangue

Causas

As causas podem variar bastante e nem sempre se sabe se realmente existe uma causa para o aparecimento desta inflamação.

Algumas das causas que são apontadas como mais comuns e prováveis:

  • Stress;
  • Mudança de Ambiente;
  • Dieta;
  • Quantidade de Água Bebida;

Muitos associam esta condição á falta da ingestão de líquidos por parte do seu gato.

Os seus descendentes caçavam e conseguiam retirar a grande maioria da água do seu alimento e sem necessitar de beber mesmo água.

Já no caso dos gatos de estimação, estes muitas vezes acabam por comer ração seca e que não tem líquidos suficientes e o gato pode também não compensar essa falta de líquidos bebendo mais água.

Outros Possíveis Problemas

O seu gato urinando sangue pode ainda ser o indício de outros problemas de saúde, tais como:

Infeções as quais são até bastante frequentes, especialmente com gatos de pêlos mais longos que ao se agachar para urinar acabam por ficar com essa zona mais suja e com o tempo acabar por desenvolver este problema.

Parasitas os quais normalmente são transmitidos através de pulgas e carrapatos, daí ser importante você ir desparasitando o seu animal de estimação de tempos a tempos para prevenir não só esta doença como muitas outras que estes pequenos parasitas carregam e transmitem com as suas picadas.

Traumatismo causado por alguma pancada que ele tenha levado, se tiver caído mal de um sítio alto, ou outra situação similar.

Se for o caso então costuma passar depressa cicatrizando sem problemas.

gato-repousando

Tratamento Para a Doença do Trato Urinário Inferior Felino

Com o aparecimento desta doença, não só o seu gato pode começar a urinar sangue como também aparecem cristais na urina do seu gato, o que faz com que as vias urinarias acabem por ficar obstruídas.

A primeira coisa que o veterinário irá fazer é ver se essas vias se encontram obstruídas e se estiverem, fazer com que deixem de estar.

Após isso repõe os líquidos ao corpo do seu gato para que a bexiga possa trabalhar corretamente.

Depois é ir continuando a acompanhar e provavelmente será também lhe receitado algum tipo de antibiótico.

O tratamento irá depender muito da gravidade da situação do seu gato, e podem ter que ser feitas análises à urina do seu gato e até cirurgia.

Vale sempre salientar que consultar um veterinário é algo essencial e que apesar de lhe poder custar um pouco em termos financeiros, provavelmente irá compensar porque assim garante que o seu animal não sofre ou pior…

gato-urinando

Prevenção, Prevenção, Prevenção

Nunca é demais lembrar que a prevenção é a melhor forma para que o seu gato não adoeça.

Neste caso especifico o que você deve fazer é providenciar um bom ambiente para o seu gato viver.

E complementando com uma dieta variada (tente que não seja sempre seca o misture um pouco de água na ração). Mantenha também sempre uma taça de água limpa para o seu gato poder beber água quando quiser.

Mais artigos relacionados:

E então, já ficou a saber sobre gato urinando sangue, o que pode ser as causas, tratamento, como pode prevenir, etc…?

Lembre-se de o levar ao veterinário sempre que vir uma alteração no comportamento ou corpo do seu animal e assim detetar qualquer doença no seu estado inicial.

Se ficou com alguma dúvida não hesite em deixar nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *