Akita Inu

O Akita Inu foi reconhecido como parte do patrimônio nacional do Japão em 1931 e é tratado como um monumento nacional.

Akitas bem-educados são afetuosos com amigos e membros da família e prosperam no companheirismo humano.

Eles são um tanto reservados com estranhos e podem ser extremamente defensivos e proteger sua família se ela estiver ameaçada.

O Akita Inu é conhecido por ser:

  • Destemido;
  • Corajoso;
  • Inteligente;
  • Adaptável;

Esta raça é também conhecida por ser agressiva com outros cães por causa de ser bem protetora e territorial.

Tudo Sobre o Akita Inu

História

O Akita Inu originou-se no norte do Japão há muitos séculos, provavelmente descendendo de cães do tipo spitz do norte.

Akita é uma área montanhosa e acidentada no extremo norte da ilha principal de Honshu.

Esta raça era conhecido como o matagi ou o matagiinu, significando o “caçador estimado”. Ele era usado para caçar veados, ursos negros e javalis.

Além de suas habilidades instintivas de caça, o Akita foi criado especificamente para ser um cão de combate, usado para lutar com outros cães em competições especialmente encenadas durante os séculos XVII, XVIII e XIX.

Como a briga de cães se tornou impopular – e em alguns lugares, ilegal – o Akita encontrou várias outras maneiras de usar seus talentos. A raça continua a ser usada para caçar javalis, veados e outros animais de grande porte. Ele também é um cão de guarda confiável, cão policial e cão show competitivo.

Este também se tornou um companheiro leal e não são exclusivos do Japão, estando presentes um pouco por todo o mundo.

akita inu temperamento

Temperamento

O Akita Inu foi originalmente criado para proteger a realeza japonesa. Eles são carinhosos e amorosos com suas famílias, ele poderá ser um companheiro bem fiel, mas têm uma vontade forte e uma personalidade complexa, o que os tornam normalmente um grande desafio para treinar.

Enquanto eles não latem muito e são um companheiro de casa limpo, eles podem ser dominantes e fortes de vontade. Akita Inus não são animais de estimação ideais para o dono do cão pela primeira vez.

A possibilidade de atacar animais é o maior problema com um Akita. Eles não dão sinais antes de atacarem, de modo que podem estar bem em um minuto, mas depois do nada ficarem violentos para com outro animal.

Akitas deve ser o único animal de estimação na casa para prevenir esse tipo de comportamento.

As crianças devem aprender nunca se aproximar de um Akita enquanto comem ou mastigam um osso porque eles podem reagir mal.

Veja também outros cães de tamanho médio:

Adestramento de um Akita Inu

Os Akita Inu são um desafio para treinar, pois são obstinados e dominantes. Eles não são um cachorro para um dono que seja um líder tímido ou inconsistente.

Força e confiança são a chave para trabalhar com esta raça. Eles farão com que seu treinador mostre que sabe ser um líder antes de aceitar comandos.

Originalmente criados como protetores, os Akitas são instintivamente cautelosos com estranhos. A socialização precoce é uma obrigação, para que o Akita possa aprender o comportamento “normal” de um estranho e o comportamento “anormal”. Eles devem saber a diferença entre um visitante amigável e um estranho indesejado, ou generalizam todos os estranhos como ruins.

akita inu filhotes

Saúde e Cuidados a Ter

O Akita é um cão muito energético, por isso convém que você tenha um quintal fechado onde ele possa correr e gastar as suas energias à vontade.

Caso não tenha, tente dar caminhas com ele, tendo coleira para não fugir, que também serve. Eles não requerem o mesmo nível de atividade física que outras raças de tamanho semelhante.

Como mencionamos acima, o Akita Inu tem tendência para ser violento com outros cachorros por isso parques para cães não são o melhor lugar para passear com ele.

Tendo o pêlo longo, também precisa de ser escovado uma a duas vezes por semana se possível, mais vezes ainda quando esta a cair o pêlo.

Em termos de saúde, apesar de o Akita ser um cão bastante forte, ele tende a poder ter vários problemas, por isso é bom sempre estar atento a alguma mudança.

Aqui esta uma lista com alguns dos problemas mais comuns:

  • Dilatação Gástrica: Condição médica extremamente séria em que o estômago de um cão fica cheio de gás que não pode escapar;
  • Surdez: Definida como a falta ou perda, completa ou parcial, do sentido da audição;
  • Displasia da Anca: Envolve o desenvolvimento anormal e/ou degeneração da articulação coxofemoral (anca);
  • Displasia do cotovelo: Leva a malformação e degeneração da articulação do cotovelo, com acompanhamento da claudicação do membro anterior;
  • Glaucoma: Caracterizado pelo acúmulo de fluido dentro do olho. Causa aumento do comprometimento da visão e, se não tratada, cegueira;
  • Hipercalemia;
  • Hipotireoidismo: Síndrome causado por produção inadequada e liberação dos hormônios tireoidianos triiodotironina (T3) e tiroxina (T4)
  • Meningite: Inflamação das meninges que são as camadas da membrana que cobrem e protegem a superfície externa do cérebro e da medula espinhal;
  • Miastenia grave;
  • Atrofia progressiva da retina: Grupo de doenças oculares degenerativas que levam à cegueira permanente em ambos os olhos;

E então, já ficou a saber mais sobre o Akita Inu, o seu temperamento, história, saúde, cuidados a ter, etc…?

Deixe em baixo nos comentários qualquer dúvida ou sugestão com que tenha ficado após a leitura do artigo.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *